Aos Desenvolvedores

DEsenvolvedora com Headphone

Durante 10 anos da minha carreira profissional, eu estive envolvido diretamente na atividade de desenvolvimento. Eu sempre gostei disso, sempre fiquei feliz de ver um projeto ganhar o mercado e sempre me empolguei com o desafio que se encontra diariamente nesta atividade. Sempre gostei, e ainda gosto muito, da questão técnica. E acho até que tive minhas medalhas de “honra ao mérito” neste aspecto. Fiz coisas das quais me orgulho.

Talvez porque estas coisas deram certo, um dia eu fui promovido a gerente. Eu não sabia ser gerente e descobri que a parte técnica era a parte mais fácil do trabalho. O desafio é e sempre foi a questão profissional do desenvolvedor. E como eu faria isso?

Voltei e olhei para o que eu fiz no meu começo. Eu recordei que durante um bom tempo, eu aprendera observando os outros. Como se portavam, como se organizavam e como conseguiam fazer as coisas. Ou seja: como agiam os profissionais que eu respeitava. E foi isso que usei como base para ajudar o meu time: dando o exemplo.

A observação é uma ótima fonte, mas rapidamente ela deixa de ser uma fonte e se torna uma mera ferramenta. Mais uma vez, olhei para trás. Lembrei que quando eu era novato, certo dia eu concluíra que talvez os conselhos dos demais servissem; eu estava certo: foi assim meu aprendizado voltou a crescer, quando dei ouvidos ao aconselhamento dos vários bons profissionais que cruzaram meu caminho. Portanto, nasceu a ideia de que eu precisava ensinar o meu time com tudo o que eu tinha aprendido, de uma maneira ativa.

Todavia, durante esta fase eu esgotei o que eu sabia e precisei aprender mais para poder continuar ajudando a equipe. Fui atrás de literatura: achei muita coisa boa, mas muito espalhada. Muita coisa boa, mas muito avançada: era bom para mim, mas frequentemente eu me via tendo que traduzir aqueles conceitos para os meus desenvolvedores iniciantes. Ao juntar textos que eu escrevia para organizar as minhas ideias antes de levar ao time que dei origem a este livro.

Eu ofereço o Autodesenvolvimento para Desenvolvedores como sendo minha contribuição para o mercado brasileiro de desenvolvimento. Como sendo minha colaboração e agradecimento a todos os profissionais com quem trabalhei e que de certa forma me ajudaram a crescer, a formar opinião e acumular conhecimento. Porém, principalmente, agradeço a todos aqueles que estiveram em algum time que coordenei, pois eles foram os que mais me ajudaram a crescer, a desenvolver e por em prática tudo o que eu aprendi sobre a “Prática de Desenvolvimento de Sistemas Embarcados”.

Abraços,

Ricardo Tafas Jr

PS: Está em estágio de impressão! Estará disponível em e-book e no site da editora Schoba. Atualizarei com os links logo mais!

Creative Commons License

Esta obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Sobre rftafas 183 Artigos
Ricardo F. Tafas Jr é Engenheiro Eletricista pela UFRGS com ênfase em Sistemas Digitais e mestre em Engenharia Elétrica pela PUC com ênfase em Gestão de Sistemas de Telecomunicações. É também escritor e autor do livro Autodesenvolvimento para Desenvolvedores. Possui +10 anos de experiência na gestão de P&D e de times de engenharia e +13 anos no desenvolvimento de sistemas embarcados. Seus maiores interesses são aplicação de RH Estratégico, Gestão de Inovação e Tecnologia Embarcada como diferenciais competitivos e também em Sistemas Digitais de alto desempenho em FPGA. Atualmente, é editor e escreve para o "Repositório” (http://161.35.234.217), é membro do editorial do Embarcados (https://embarcados.com.br) e é Especialista em Gestão de P&D e Inovação pela Repo Dinâmica - Aceleradora de Produtos.
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments